quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

A capital financeira da Europa reverencia Carlos Magno no Natal

Na sacada do prédio central era apresentado o imperador que acabava de ser eleito
Na sacada do prédio central era apresentado
o imperador que acabava de ser eleito
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs











No Römer (Paço Municipal) de Frankfurt am Main se realizava outrora a eleição dos Imperadores do Sacro Império Romano-Alemão.

Hoje o centro financeiro de Europa, com um dos maiores aeroportos da Alemanha, 240 bancos e os arranha-céus mais altos do continente.

O Römer é a sede histórica da Prefeitura da cidade cujos fundamentos remontam à época do domínio romano.

Mas, por ser o prédio mais antigo passou a acolher a sessão de eleição do imperador do Sacro Império Romano-Alemão.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Natal de Colônia degusta gastronomia carolíngia, simples e abundante

A catedral acolhe maternalmente o Mercado de Natal
A catedral acolhe maternalmente o Mercado de Natal
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs







Perto de Aachen (Aquisgrão, Aix-la-Chapelle), a grande cidade de Colônia também está muito associada à memória de Carlos o incomparável imperador, mas com costumes bem diferenciados.

As cervejarias tradicionais conservam sua arquitetura original, sendo adentradas através de arcos de madeira para nelas encontrar a lareira acesa, as paredes de lambri e as dependências aconchegantes.

O Rheinische Sauerbraten mais uma truculência no gosto carolíngio
O Rheinische Sauerbraten mais uma truculência no gosto carolíngio
Os copos para a cerveja são pequenos, mas constantemente renovados.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Por que se faz a “Missa do Galo” na noite de Natal?

Galo no topo da catedral São Vito, Praga
Galo no topo da catedral São Vito, Praga
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs






“Missa do Galo” é o nome da celebração litúrgica da meia-noite, na véspera do Natal.

A expressão vem da tradição segundo a qual à meia-noite do dia 24 de dezembro um galo cantou mais fortemente que qualquer outro, anunciando o nascimento do Menino Jesus.

Assim como o galo anuncia o nascer do sol e seu canto preludia o amanhecer, assim também a “Missa do Galo” comemora e canta o nascimento de Jesus, o Sol nascente que, clareando a escuridão do pecado, veio nos remir.

O galo foi escolhido como símbolo desta celebração porque ele representa, histórica e tradicionalmente, a vigilância, a fidelidade e a fé proclamada no auge das trevas.

Por isso podemos ver, no topo do campanário das igrejas, um galo proclamando para todos os quadrantes que Jesus nasceu.

A celebração é feita à meia-noite porque o nascimento ocorreu por volta dessa hora. A “Missa do Galo” foi celebrada pela primeira vez no século V pelo Papa Xisto III na então nova basílica de Santa Maria Maior, onde são hoje veneradas as relíquias do Santo Presépio, conservadas em artístico relicário.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Costumes católicos do Natal: uma arca de tesouros espirituais, culturais e até gastronómicos!

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs


Na lista de links que segue a continuação, clicando o leitor encontrará um rica explicação de cada um desses santos e deliciosos costumes católicos natalinos.











segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

O Natal perfumado da capital de Carlos Magno

Natal, nas ruas estreitas da Aachen medieval
Natal, nas ruas estreitas da Aachen medieval
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs








No Natal, nas ruas estreitas da Aachen (Aquisgrão, Aix-la-Chapelle) medieval se respira o perfume de canela, cardamomo, coentro, anis, cravo, pimenta, gengibre.

Dezenas de padarias, pastelarias e chocolatarias preparam as bolachas Aachener Printen, enquanto no mercado de Natal se bebe o Glühwein (quentão com muitas especiarias) e se comem tradicionais castanhas recém-assadas, informou reportagem de “La Nación”.

As comemorações começam na festa de São Martinho de Tours (11 de novembro) e Santa Catarina (25 de novembro).

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Imaculada Conceição: ensinamentos sobre a glória de Nossa Senhora

Imaculada Conceição, São Francisco da Penitência, Rio de Janeiro
Imaculada Conceição, São Francisco da Penitência,
Rio de Janeiro
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs






Continuação do post anterior: Imaculada Conceição: Pio IX e a glória do dogma




O dogma da Imaculada Conceição ensina que Nossa Senhora foi concebida sem pecado original desde o primeiro instante de seu ser.

Ela em momento algum teve qualquer nódoa do pecado original.

A lei inflexível pela qual todos os descendentes de Adão e Eva, até o fim do mundo, teriam o pecado original, se suspendeu em Nossa Senhora.

E naturalmente na humanidade santíssima de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Nossa Senhora não ficou sujeita às misérias a que estão sujeitos os homens.

Não ficou sujeita aos impulsos, inclinações e tendências más que os homens tem.

Tudo nEla corria harmonicamente para a verdade, para o bem; tudo nEla era o movimento para Deus.

Nossa Senhora foi exemplo perfeito da liberdade da razão iluminada pela fé.

Ela queria inteiramente tudo o que era perfeito e não encontrava em si nenhuma espécie de obstáculo interior.

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

No âmago das cancões de Natal perfeitas: fé, coragem, ternura

É a noite de Natal.

A Missa de Galo vai começar.

Na igrejinha toda coberta de neve, iluminada e bem aquecida, todos entram de depressa.

Ao longe ficaram as casinhas da aldeia, a fumaça sobe das chaminés, a lareira está acesa, as suculentas, deliciosas e apetitosas iguarias da culinária alemã já estão no forno...

É a festa de Natal que segue à festa litúrgica.

O coro canta “Stille Nacht, heilige Nacht” (“Noite Feliz”) (a música está no vídeo embaixo).

“Noite tranquila, noite silenciosa, noite santa.

“Tudo dorme, só está acordado o nobre e santíssimo Casal!

domingo, 1 de dezembro de 2019

Imaculada Conceição: Pio IX e a glória do dogma

O Beato Pio IX proclama o dogma da Imaculada Conceição. Franceso Podesti (1800–1895), Museus Vaticanos
O Beato Pio IX proclama o dogma da Imaculada Conceição.
Franceso Podesti (1800–1895), Museus Vaticanos
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs








Em 8 de dezembro de 1854 rodeado o bem-aventurado Papa Pio IX se levantou para definir o dogma da Imaculada Conceição no esplendor da basílica de São Pedro.

Nesse momento o Santo Padre sobre quem teria descido um discreto mas perceptível raio de luz sobrenatural proclamou com voz solene e cadenciada:


”41. ... depois de implorarmos com gemidos o Espírito consolador.

“Por sua inspiração, em honra da santa e indivisível Trindade,

“para decoro e ornamento da Virgem Mãe de Deus,

“para exaltação da fé católica, e

“para incremento da religião cristã,