segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Parlamento britânico repele projeto de eutanásia

Sessão da House of Commons, a Câmara dos Deputados britânica.
Sessão da House of Commons, a Câmara dos Deputados britânica.



O Parlamento britânico recusou em última instância a tentativa de legalizar a eutanásia, ou morte assistida na Inglaterra e em Gales, após um emotivo debate pleno de casuísticas individuais e argumentações genéricas, noticiou o jornal “El Mundo”, de Madri.

Em votação final, o mal chamado “direito a morrer” foi derrotado por 330 x 118.

O projeto de lei de morte assistida foi introduzido pelo deputado trabalhista (socialista) Rob Marris. O parlamentar tergiversava dizendo que “todas as pessoas que se encontram na perspectiva dentro de seis meses, deveriam ter a opção de decidir o que querem fazer”, leia-se se suicidarem com recursos fornecidos pelos médicos. Porém, esse e outros sofismas não convenceram os deputados.

Imaculada Conceição: Nossa Senhora nos pede amar esse privilégio divino exclusivo que A põe por cima de todos







Quanto mais nós admiramos uma pessoa, mais nós devemos amá-la.

E quanto mais nós a amamos, mais nós devemos ser propensos a admirar as qualidades que Ela tem.

Por causa disso, nos veneramos Nossa Senhora como Mãe ao mesmo tempo sumamente amável e sumamente admirável.

Nossa Senhora aparece fazendo-se admirar pelo título que Ela proclama.

Ela disse a Santa Bernadette Soubirous: “Eu sou a Imaculada Conceição”.

Quer dizer, uma criatura que está numa condição inteiramente superior a todas as outras. Porque concebida sem pecado original e gozando de uma predileção toda especial de Deus.

De outro lado, Ela pratica milagres dos mais estupendos, numa continuidade e numa importância sem igual história da igreja. E isto é porque Ela quer. Então Ela se apresenta muito à nossa admiração.

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Eslovenos conseguem referendo
para revogar “casamento” homossexual

Za otroke gre!manifesta na praça pública.
Za otroke gre!manifesta na praça pública.



O Tribunal Constitucional da Eslovênia deu ganho de causa aos defensores do casamento e dos direitos das crianças na Eslovênia (na ex-Iugoslávia).

Ele declarou a constitucionalidade de um referendo para revogar a lei que equipara o casamento natural e religioso à união de casais do mesmo sexo e lhes concede um inexistente “direito” de adotar crianças, noticiou a agência Infocatólica.

O referendo havia sido solicitado por 48.146 cidadãos que assinaram em apenas 4 dias a petição proposta pela coalisão cívica Za otroke gre! (“Pelas crianças!”).

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

“Prisioneiros do Estado Islâmico rezavam o terço
e não renegavam a fé”

A sé do Arcebispado Siriaco Católico em Mosul incendiada pelos seguidores do Corão.
A sé do Arcebispado Siriaco Católico em Mosul incendiada pelos seguidores do Corão.



O padre Mourad, libertado no dia 11 de outubro 2015, conta a sua experiência junto com outros 250 reféns


O monge e sacerdote siro-católico Pe. Jacques Mourad, prior do mosteiro de Mar Elia, contou em entrevista à emissora cristã Noursat TV – Tele Lumière a experiência que viveu no cativeiro depois de ser sequestrado pelos milicianos do Estado Islâmico. Ela foi reproduzida pela agência Zenit.


Em 21 de maio deste ano 2015, um grupo de homens armados o raptou, juntamente com um ajudante, na periferia de Qaryatayn, cidade de população cristã e sunita que, dois meses antes, tinha caído em mãos dos extremistas islâmicos.

O padre fazia parte da comunidade fundada pelo sacerdote jesuíta romano Paolo Dall’Oglio, desaparecido no norte da Síria em 29 de julho de 2013, quando estava em Raqqa.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Os fariseus e os saduceus do nosso tempo

“O tributo a César”, quadro de James Tissot. Os fariseus tentam fazer com que Jesus Cristo caia em contradição.
“O tributo a César”, quadro de James Tissot.
Os fariseus tentam fazer com que Jesus Cristo caia em contradição.
Roberto de Mattei
(1948 - )
professor de História,
especializado nas ideias
religiosas e políticas no
pós-Concilio Vaticano II.




A crítica aos “fariseus” é recorrente nas palavras do Papa Francisco. Em numerosos discursos entre 2013 e 2015, ele falou sobre a “doença dos fariseus” (7 de setembro de 2013), “que acusam Jesus de não respeitar o sábado” (1° de abril de 2014); sobre a “tentação da suficiência e do clericalismo, que codificam a crença em normas e instruções, como faziam os escribas, os fariseus e os doutores da lei do tempo de Jesus” (19 de setembro de 2014).

No Angelus de 30 de agosto, ele disse que, como com os fariseus, “existe também para nós o perigo de nos considerarmos retos, ou, pior, melhor do que os outros, pelo simples fato de observarmos as regras, os costumes, mesmo se não amamos o próximo, se somos duros de coração, se somos soberbos, orgulhosos”. Em 8 de novembro de 2015 ele contrapôs a atitude dos escribas e dos fariseus, fundadas na “exclusão”, à de Jesus, fundada na “inclusão”.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Adesão do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira à sólida e corajosa Declaração de Dom Athanasius Schneider sobre o Sínodo

Dom Athanasius Schneider [Foto PRC]
Dom Athanasius Schneider emitiu sobre o relatório final do Sínodo dos Bispos uma oportuna declaração na qual tece, com base em sólidos argumentos, comentários sobre os números 84 a 86 do Relatório. Tais considerações, amparadas na perene doutrina católica, as quais o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira assume, lançam um vigoroso alerta contra o conteúdo desse Relatório.


A XIV Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos realizada de 4 a 25 de outubro último, dedicada ao tema “A vocação e a missão da família, na Igreja e no mundo contemporâneo” apresentou um Relatório Final com algumas propostas pastorais submetidas ao Papa Francisco.

O documento é apenas de natureza consultiva, não possuindo um caráter magisterial formal.

Dom Athanasius Schneider [foto acima], Bispo auxiliar de Astana (Cazaquistão) emitiu sobre esse documento uma oportuna declaração para o site “Rorate Coeli”, sob o título “O Relatório Final do Sínodo abre a porta dos fundos a uma prática neomosaica” na qual tece, com base em sólidos argumentos, comentários sobre os números 84 a 86 do referido Relatório.

Tais considerações, amparadas na perene doutrina católica, as quais o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira assume, lançam um vigoroso alerta contra o conteúdo desse Relatório:

  • Tal conteúdo cede à pressão ideológica da cultura dominante que visa extinguir a indissolubilidade do casamento pela difusão da anticultura do divórcio e concubinato;
  • Omite qualquer repreensão aos divorciados recasados no civil, que vivem more uxorio, pelo seu estado de vida gravemente pecaminoso, e os isentam do pecado de adultério, mediante argumentos que tendem a diminuir sua responsabilidade subjetiva;
  • Induz, portanto, pessoas que vivem em situações irregulares a permanecer em tais uniões e a profanar o Sacramento do Matrimônio;
  • Escandaliza os fiéis e a sociedade como um todo pela sugestão de admitir pessoas que violam publicamente o sexto Mandamento, às funções de leitor na missa, catequista, padrinho ou membro do conselho paroquial;
  • Pela sua ambiguidade abre a porta dos fundos para a admissão à Sagrada Comunhão dos divorciados recasados civilmente, o que acarretará a profanação do maior dos sacramentos, a Sagrada Eucaristia;
  • Inaugura uma cacofonia, uma confusão magisterial e pastoral, em contradição com ensinamentos e práticas perenes e bimilenárias da Igreja Católica.

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Reinado recorde de Elizabeth II: grande triunfo da família

Elizabeth II comemorou o reinado cristão mais longo da história com uma festa familiar
Elizabeth II comemorou o reinado cristão mais longo da história
com uma festa familiar



No dia 9 de setembro, Elizabeth II, Rainha da Inglaterra, atingiu a marca do mais longo reinado do mundo cristão, iniciado no dia 6 de fevereiro de 1952 com a súbita morte de seu pai, o rei Jorge VI.

A então princesa herdeira estava em viagem protocolar pela África quando recebeu a dolorosa notícia da morte de seu amado progenitor.

Ficou para a história a lancinante imagem da jovem e delicada princesa descendo sozinha do avião que a depositou em Londres. No pé da escada aguardavam-na o mítico Sir Winston Churchill com todo o ministério vestido de rigoroso preto.

O contraste entre a fragilidade e a delicadeza da nova rainha e a severidade e o ambiente lúgubre dos políticos é impressionante.

Quem diria que aquela princesinha, que se tinha tornado rainha no mesmo instante do falecimento do rei seu pai, haveria de reinar durante mais de 63 anos, sete meses e dois dias, que foi o recorde alcançado por sua tataravó, a rainha Vitória, no século XIX?

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Católicos protegeram a catedral de Mar del Plata
assaltada pela intolerância LGBT

Agitadores iniciam agressão sacrílega contra catedral defendida por católicos
Agitadores iniciam agressão sacrílega contra catedral defendida por católicos



Uma longa coluna de feministas, militantes LGBT e de partidos de extrema esquerda tentou profanar a bela catedral da cidade de Mar del Plata na Argentina, informou a imprensa argentina.

O sacrílego atentado foi evitado corajosamente por jovens católicos da cidade. A coluna agressora fazia parte do XXX Encuentro Nacional de Mujeres, assembleia que se reúne todos os anos em diferentes cidades financiada pelo governo nacionalista bolivariano de Cristina Kirchner.

Os manifestantes vinham depredando casas e lojas e pichando-as com dizeres expressivos como “nem pátria nem patrão” além de palavrões e slogans pelo aborto.

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

China: Cruzes derrubadas voltam multiplicadas por mil

Enquanto o governo chinês tira as cruzes pela força, os cristãos colocam mais cruzes por toda parte.
Enquanto o governo chinês tira as cruzes pela força,
os cristãos colocam mais cruzes por toda parte.



Enquanto uma dúzia de paroquianos católicos chorava e cantava hinos em reparação ao sacrilégio que estava sendo cometido, funcionários socialistas serravam a Santa Cruz no alto da igreja católica de Dafei, informou a agência Associated Press.

Mais de 100 agentes da tropa de choque reforçavam a polícia e os funcionários estatais contra os pacíficos paroquianos que queriam proteger o símbolo da Fé.

“Nós não violamos a lei. Não fazemos oposição ao governo, somos cidadãos comportados”, lamentava um paroquiano que se identificou somente como Chen, temendo retaliações das autoridades.

Os dirigentes socialistas da província de Zhejiang, no sudeste da China, receberam um ultimato superior para arrancar as cruzes de torres, tetos e paredes de cerca de 4.000 igrejas que povoam os panoramas daquela dinâmica região.

A indignação popular é grande, e até as associações cristãs que aceitaram o controle do Partido Comunista para não serem hostilizadas, agora se mobilizaram contra o poder socialista, denunciando a campanha como anticonstitucional e humilhante.

No sentir geral, a campanha contra a Cruz é atribuída a Xi Jinping, presidente da China e chefe supremo do Partido Comunista.

Para Yang Fenggang, especialista em religiões da China na Universidade de Purdue, nos EUA, o partido cometeu um grave erro de cálculo.

Ele achava que eliminando as cruzes esfriaria a expansão cristã e reforçaria o controle da ditadura. Porém, está se dando o contrário e a região está entrando numa perigosa instabilidade religiosa.

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Coragem do clero de Wenzhou empolga católicos e não-católicos na China

Mons. Vicente Weifang Zhu (centro) manifesta contra o governo comunista
Mons. Vicente Weifang Zhu (centro) manifesta contra o governo comunista.



O bispo de Wenzhou, Dom Vicente Zhu Weifang, que caminha corajosamente para os 90 anos de idade, liderou com seus 26 sacerdotes, durante seis dias, os protestos contra as demolições de Cruzes na sua diocese, na província de Zhejiang, informou AsiaNews.

Apesar de sua idade, Dom Zhou dirigiu pessoalmente uma manifestação diante da sede do governo socialista local em defesa do símbolo máximo de Cristo e de sua Igreja.

Com seus 26 sacerdotes diocesanos jovens, ele segurava uma faixa que dizia: “Defendemos a dignidade de nossa fé; contra a demolição das Cruzes”.

Diversos sacerdotes levavam outros cartazes caseiros, se onde podia ler: “Nós nos opomos do modo mais absoluto à destruição das Cruzes”, escreveu a agência AsiaNews.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Banir celular na escola melhora as notas

O uso do smartphone nas aulas dissipa a atenção, degrada o aprendizado e abaixa as notas.
O uso do smartphone nas aulas dissipa a atenção,
degrada o aprendizado e abaixa as notas.



Estudo da reputada London School of Economics mostrou que nas escolas da Inglaterra que baniram os smartphones os alunos melhoraram em até 14% suas notas em exames de avaliação nacional, noticiou a Folha de S.Paulo.

A melhora foi constatada principalmente entre estudantes de 7 a 11 anos e com aproveitamento escolar inferior a 60%, que foram proibidos de usar os referidos aparelhos.

Para os alunos aplicados, o banimento não mudou nada.

“Distrações atingem todo mundo, mas são piores em alunos com celulares. E ainda piores naqueles com notas mais baixas”, disse à Folha Louis-Philippe Beland, um dos autores do estudo.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Escolas públicas geridas pela PM são bem sucedidas e se multiplicam no Brasil

Cresce número de escolas geridas pela PM. Pais e alunos satisfeitos em Goiás.  Foto: Folha de S.Paulo
Cresce número de escolas geridas pela PM. Pais e alunos satisfeitos em Goiás.
Foto: Folha de S.Paulo




As escolas geridas pela PM de Goiás também dão o bom exemplo mantendo um regulamento disciplinar sério.

Mascar chiclete é transgressão leve. Usar óculos com lentes ou armações de “cores esdrúxulas” também, mostrou reportagem da Folha de S.Paulo.

São transgressões médias: sentar-se no chão fardado, espalhar boatos, deixar de prestar continência ou de cortar o cabelo no estilo escovinha.

Já “manter contato físico que denote envolvimento amoroso” (beijar) ou se meter em rixa são faltas graves.

O aluno perde pontos a cada quebra de regra. Quem não se adequar é transferido.

Os resultados estão sendo tão bons que o Estado aumentou de 18 para 26 os colégios militares.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Modelo de escola gerida pela PM beneficia Amazônia e Nordeste

Estudantes e professores da rede pública estadual são premiados na 8ª edição das Olimpíadas Brasileiras de Matemática.
Estudantes e professores da rede pública estadual são premiados
na 8ª edição das Olimpíadas Brasileiras de Matemática.



Segundo informou O Globo, de 2011 para 2013, a escola estadual Prof. Waldocke Fricke de Lyra “deu um salto no Ideb. Nos anos iniciais do ensino fundamental, a média passou de 3,3 para 6,1. Nos finais, foi de 3,1 para 5,8. O índice de reprovação, de 15,2% em 2012, foi zerado no ano passado.

“A melhoria no desempenho apareceu também nas Olimpíadas de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Órfã de pai desde os 8 anos e filha de uma motorista de ônibus, Jennyfer da Silva Veloso, de 16 anos, levou o bronze e uma menção honrosa na competição.

“Ela foi aprovada em primeiro lugar no vestibular da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), onde começou a cursar matemática este ano.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Estados resolvem violência nas escolas públicas com disciplina militar

A educação que é a finalidade da escola teve salto qualitativo.
A educação que é a finalidade da escola teve salto qualitativo.



Bairro violento numa capital? Escola pública “dor de cabeça”? Quem não ouviu falar?

Porém, um projeto piloto em Manaus, objeto de reportagem da Band já em 2012, resolveu dois problemas de uma só vez, num bairro violento da capital amazonense:

1) a qualidade duvidosa do ensino na maior escola pública dentro de uma comunidade, na zona oeste e

2) a violência praticada por jovens estudantes.

A solução adotar a disciplina militar na unidade educacional, que agora está sob a direção da PM.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Hungria: nova lei proíbe comércio aos domingos

Parlamento da Hungria, Budapeste.



Carlos Eduardo Schaffer


Pode ter passado despercebida ao público brasileiro, mas tem criado grande polêmica na Hungria a lei recentemente aprovada pelo governo proibindo em todo o país, a partir de 1° de março de 2015, a abertura do comércio aos domingos.

Proposta pelos Cristãos Democratas, partido minoritário do primeiro ministro na sua coalizão com Fidesz, a lei foi descrita no site do governo como um meio para assegurar que as compras “não encurtem o tempo em que as famílias passam reunidas”.

Haverá algumas exceções. Pequenos comércios como farmácias, tabacarias, feiras e mercados em bases militares poderão abrir nesse dia. As padarias só poderão fazê-lo até às 17 horas. E os comércios em aeroportos e estações de trem, até às 22.

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Lição da imagem de Nossa Senhora de Lourdes
intocada por incêndio numa base militar

Imagem de Nossa Senhora de Lourdes, inexplicavelmente intacta após incêndio na base militar de El Goloso, Madri.
Imagem de Nossa Senhora de Lourdes,
inexplicavelmente intacta após incêndio
na base militar de El Goloso, Madri.
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




Na base militar de El Goloso nas proximidades da capital espanhola, Madri, sede da brigada de Infantaria Blindada “Guadarrama”, se desatou um incêndio incontrolável que consumiu importante área verde, noticiaram diversos sites espanhóis como Infovaticana e Religión en Libertad

A vegetação ficou calcinada. Mas, para surpresa dos militares na superfície carbonizada se encontrou intacta uma imagem de Nossa Senhora de Lourdes.

A surpresa foi tanto maior quando os fardados descobriram que o gramado perto da imagem não foi atingido pelo fogo e que em volta da imagem havia uns vasos com flores, também incólumes, que ninguém sabia quem tinha posto.

O fato aconteceu no dia 30 de julho, em plena onda de calor que afligia Espanha.

Os militares não conseguiam explicar como foi possível que a imagem e as flores nada sofressem, nem mesmo um natural escurecimento e murchamento pelo calor.

O caso se espalhou pelas redes sociais e não faltou quem supusesse uma montagem. Porem, a investigação visando o esclarecimento revelou a improcedência da suspeita.

Nas fotos pode se apreciar que toda a terra está queimada com exceção das proximidades da imagem.

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Proclamação do dogma da Assunção

Assunção, detalhe iluminura s. XV.
Columbia University, UTS MS 049



“A Imaculada Mãe de Deus, a sempre Virgem Maria, terminado o curso de sua vida terrestre, foi assunta em corpo e alma à glória celestial”

Com essas imorredouras palavras, o Santo Padre Pio XII definiu o dogma da Assunção da Santíssima Virgem ao Céu em corpo e alma, solenemente proclamado no dia 1º de novembro de 1950, pela Constituição dogmática “Munificentissimus Deus”.

A solene proclamação desse augusto dogma veio coroar séculos de devoção a Nossa Senhora enquanto tendo sido levada aos Céus em corpo ressurreto e alma.

Na difusão desta verdade e desta devoção a Idade Média deu uma contribuição fundamental.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

O Partido Socialista morreu, diz analista das esquerdas francesas

O PS tem tudo: dinheiro e poder. Só faltam militantes, ideias e eleitorado.
O PS tem tudo: dinheiro e poder. Só faltam militantes, ideias e eleitorado.



Laurent Bouvet, pensador socialista e diretor do Observatoire de la Vie Politique (Ovipol) da Fondation Jean-Jaurès, pintou um deprimente quadro do Partido Socialista francês (PS), hoje no poder e praticamente a única opção viável para as esquerdas francesas.

Ele resumiu o seu balanço com uma frase lapidar: “O PS está moribundo, o partido de Épinay [Épinay-sur-Seine, localidade onde foi fundado] está morto”, registrou o jornal parisiense “Le Figaro”.

O tema interessa na América Latina pois o PS francês foi e continua sendo um grande patrocinador das esquerdas tupiniquins, intensamente unido ao lulopetismo e ao Foro de São Paulo.

Bouvet apontou como causas do desastre o desinteresse e a desconfiança do público em relação aos partidos políticos e aos jogos de lideranças partidárias, bem como a fraqueza dos militantes socialistas em se mobilizarem.

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Música de Mozart melhora a atividade cerebral

Wolfgang Amadeus Mozart.
Wolfgang Amadeus Mozart.



Pesquisadores da Universidade La Sapienza, de Roma, concluíram que a audição da música de Wolfgang Amadeo Mozart melhora sensivelmente a atividade cerebral, informou o jornal “Daily Mail”, de Londres.

Nas pessoas analisadas durante os exames foi constatado um aumento da atividade das ondas cerebrais relacionadas com a memória, a intelecção e a resolução dos problemas.

Os mesmos testes foram feitos tocando ao mesmo grupo uma música de Beethoven, porém sem resultados. As experiências sugerem que na música de Mozart há algo especial que influencia positivamente o cérebro.

“Esses resultados – explica o estudo – podem ser representativos do fato de a música de Mozart ser capaz de 'ativar' circuitos corticais neuronais no cérebro relacionados com a atenção e as funções cognitivas”.

E esclarece que os resultados “não são apenas uma consequência de ouvir música em geral”.

O estudo foi publicado na revista especializada Consciousness and Cognition (volume 35, setembro 2015, páginas 150–155), tendo os pesquisadores utilizado equipamentos EEG (eletroencefalografia) para registrar a atividade elétrica do cérebro dos participantes.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

No Peru, esmagadora maioria rechaça o “casamento” homossexual e o aborto

Quase meio milhão de peruanos na Marcha pela Vida 2015, Lima
Quase meio milhão de peruanos na Marcha pela Vida 2015, Lima



Mais de 88% dos cristãos peruanos rechaçam o aborto e mais de 79% se opõem ao “casamento” homossexual, segundo “Estudo de Opinião sobre a Religião Católica no Peru Urbano e Rural”.

O estudo foi realizado pela empresa Vox Populi a pedido da Faculdade de Teologia Pontifícia e Civil de Lima, noticiou a agência ACIPrensa.

No Peru, 93,4% da população se dizem cristãos e o maior grupo é o catolicismo, com 78% da população total. A enquete consultou uma amostra de 1.200 pessoas.

87,6% dos cristãos garantiram que não votariam em candidato favorável ao aborto.

O estudo constatou também uma recusa de 92% à legalização das drogas no país.

A última edição da Marcha pela Vida, organizada pelo Arcebispado de Lima, capital do país, superou meio milhão de participantes e teve 90% de aprovação.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Alunos de Oxford não abrem mão de uniforme académico semelhante ao fraque

Alunos querem o subfusc todos os dias em Oxford
Alunos querem o subfusc todos os dias em Oxford



Tradição é tradição e as novas gerações gostam dela.

Um fato característico aconteceu na Universidade de Oxford, Grã-Bretanha, fundada na Idade Média, onde nas ocasiões importantes os alunos usam obrigatoriamente o academic dress, e no quotidiano o subfusc, semelhante ao fraque.

O jornal dos estudantes The Oxford Student entrevistou os alunos sobre a oportunidade de abolir esse vestígio medieval, adaptado através dos séculos. Sete de cada dez responderam que não querem renunciar ao uniforme escuro tradicional.

Em 2006 um grupo tentou aboli-lo através de um referendo, mas a proposta foi recusada por 81% dos alunos.

Oxford é um laboratório do futuro, da modernidade e do progresso, mas continua sendo um zeloso cultor do antigo bom tom, comentou o jornal de Milão Il Corriere della Sera.

Chegaram o Facebook e o Twitter, e ainda continua chegando toda espécie de coisa moderna. Porém, o uniforme subfusc não é abandonado, seja por nostalgia, orgulho ou alegria.

Quem disse – pergunta  Il Corriere della Sera – que as novas gerações são alérgicas à tradição?

Os estudantes se mostram assim tradicionalistas, responde o jornal. E também revolucionários, porque hoje a tradição com raízes na Idade Média inverte as tendências.

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Prefeito espanhol só fez o juramento de posse após trazerem o Crucifixo

O novo prefeito de Brunete só jurou quando repuseram a Cruz
O novo prefeito de Brunete só jurou quando repuseram a Cruz



O prefeito recém-eleito da cidade de Brunete, nas proximidades da capital espanhola Madri, recusou prestar seu juramento de posse sem a presença de um Crucifixo!

De fato, o juramento sempre foi feito diante da Bíblia, da Constituição e de um Crucifixo.

Porém, por influencia da cristofobia que se espalha pela Espanha, o Crucifixo foi removido da mesa do juramento, instalada no meio da Plaza Mayor, no centro da cidade.

O novo prefeito, Borja Gutiérrez Iglesias, não hesitou em enfrentar o anticatolicismo difuso: interrompeu o juramento diante de todos e perguntou, estranhado, “onde está o crucifixo?”

Sua atitude corajosa e coerente com a fé católica que professa, foi ovacionada pelo povo presente.

Uma funcionária municipal puxou às pressas o Crucifixo tradicional e o repôs na mesa de juramento.

O prefeito de Brunete repetiu a fórmula de juramento até o fim, dando modelar exemplo de insubmissão à ditadura cristofóbica.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Bispo nigeriano: o terço derrotará o Islã

D. Oliver Dashe Doeme, bispo da diocese de Maiduguri, Nigéria:
o terço está nos dando a vitória contra o terrorismo do Islã



Dom Oliver Dashe Doeme, bispo da diocese de Maiduguri, nordeste do estado de Borno, na Nigéria, disse ter visto Cristo lhe oferendo uma espada para combater a organização islâmica Boko Haram, que aterroriza o país. Ele narrou o fato à agência Catholic News Agency.

Quando ele pegou a espada, ela se transformou no Terço de Nossa Senhora. O Terço é o instrumento chave para afastar o terrorismo islâmico do país. Ele deve ser rezado até que o islamismo desapareça da Nigéria, explicou.

Fato análogo aconteceu na Áustria, ocupada pelos soviéticos após a II Guerra Mundial: a cruzada de orações do Rosário foi tão bem sucedida que os invasores comunistas abandonaram o país que haviam dominado com seus tanques e suas botas.

Dom Olivier estava rezando o Rosário diante do Santíssimo Sacramento na sua capela pessoal quando teve a visão.

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Católicos da Síria: heroísmo até o martírio:
o testemunho de uma moça católica

Mireille no I Congresso Internacional sobre Liberdade Religiosa, Madri.



Mireille Al Farah, jovem síria que vive na Espanha e que não pode voltar a seu país desde que começou a enganosa Primavera árabe, contou seu drama no I Congreso Internacional sobre Libertad Religiosa realizado em Madri. Ela chora durante a comunhão, rezando pelos católicos perseguidos em seu país.

“Os pais de família nunca saem juntos à rua, para que os filhos não fiquem inteiramente órfãos” em caso de atentado mortal, relatou.

Ela contou que antes da investida islâmica, os católicos sírios “manifestávamos publicamente nossa fé, vivíamos sem medo, até que de um dia para o outro nos deparamos com a atual situação: atentados, sequestros, violações, você está em sua casa e te cai um obus de morteiro...

“Os bombardeios são diários. Com as tecnologias GPS eles sabem localizar os bairros cristãos e selecionar as vítimas. Eu perdi treze parentes, um deles foi meu primo Shami, que morreu quando um tiro de morteiro caiu sobre ele”.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Centenas de padres fazem curso para uma
“virada para a decência” na liturgia

Padres de toda Inglaterra vão a Bath para apreender a Missa em latim.
Padres de toda Inglaterra vão a Bath para apreender a Missa em latim.



É uma “virada para a decência” litúrgica. Esta é, ao menos, a explicação que ocorreu a Christine Niles, do blog Church Militant, para explicar o que está acontecendo com centenas de sacerdotes britânicos que se inscrevem num curso pago para apreender a rezar o rito extraordinário da Missa, ou Missa em latim.

O fato foi noticiado pelo jornal da cidade onde é feito o curso: o Bath Chronicle.
Em oito anos, o número dos sacerdotes católicos participantes somaria centenas. E no último ano precisaram se inscrever às presas porque as vagas são rapidamente preenchidas.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Vídeo da vitória da família na Câmara Municipal
de São Paulo contra a Ideologia de Gênero!

Votação na Câmara Municipal de SP repele 'ideologia de gênero'



Em votação na Comissão de Finanças da Câmara Municipal de São Paulo, o texto do Plano Municipal de Educação foi aprovado sem as menções à nefasta e absurda “ideologia de gênero”!

Essa vitória só foi possível graças à atuação ordeira e pacífica, porém enérgica de diversas associações de católicos, entre as quais estava o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira!

Apesar desta derrota, os detratores da família querem de qualquer modo implantar essa absurda e ridícula ideologia em nossas escolas!