segunda-feira, 21 de junho de 2010

Caça da raposa volta com força na Inglaterra

O socialismo inglês tudo fez para interditar a aristocrática caça da raposa. Porém, observou a BBC, na Inglaterra parece que nada mudou.

Aristocratas e populares vestindo as tradicionais roupas para a ocasião saem aos milhares no multissecular rito, após terem introduzido inteligentes adaptações.

Tocam os trompetes, saem as matilhas, damas e cavaleiros esporeiam os cavalos de raça. Apenas não perseguem uma raposa – proibido pela lei – mas um cachorro que leva um pano com essência de cheiro do animal.

O fato deixa furiosas as esquerdas, pois a pena ecologista pela raposa era mero pretexto. A famosa caçada é por sobre tudo uma manifestação coletiva de brilho e harmonia social, de culto coletivo de valores de nobreza e beleza.

O número dos participantes é tão grande que os políticos que visam se reeleger pensam seriamente em se mostrarem contra a ideológica proibição.

O deputado trabalhista Nick Ainger acusa o Partido Conservador de querer restaurar a “crueldade” da caça da raposa. Mas os caçadores vêem nesse costume muitos valores muito mais importantes que, aliás, o socialismo e sua “revolução cultural”, também percebe, mas odeia por princípio.

Desejaria receber atualizações instantâneas e gratuitas de "Luzes de Esperança" em meu email

2 comentários:

  1. Interessante essa "caça simbólica" que é assim que deve agir uma sociedade avançada como se considera a inglesa. Fala-se em manter tradições, mas uma das mais importantes da monarquia inglesa que é a da linhagem de sucessão masculina foi abolida recentemente, e poucos reclamaram disso. Agora, um bando de homens armados e auxiliados por inúmeros cães fortes e treinados para perseguir uma raposa completamente indefesa frente a este pequeno exército, tudo isso é de uma covardia imensa. Não há nenhuma demonstração de coragem ou virilidade aí, pois é muito fácil matar uma raposa tão bem protegido. Por que não pega uma lança e vai caçar sozinho ursos polares ou tubarões em alto mar? E onde está a nobreza em oprimir seres inocentes que seguem apenas seus instintos de sobrevivência? Massacra aqueles que deveria proteger. Que porcaria de sociedade cristã é essa?

    Sou politicamente conservador, mas repudio até a morte as caçadas "esportivas" e "recreativas". Caçar para comer é legítimo, pois vários animais fazem isso. Tirar a vida dos outros por diversão é sadismo, coisa de quem é incapaz de sentir o sofrimento alheio.

    ResponderExcluir
  2. Ótima resposta amigo.. infelicidade a nossa por ter q viver nesse mundo tão corrompido pelo mal q se disfarça tão bem...

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.