segunda-feira, 14 de abril de 2008

Um episódio na vida do Bem-Aventurado Papa Pio IX


O historiador Francesco Guglietta descreveu, no diário vaticano “L'Osservatore Romano”, a espécie de “conversão” do Beato Pio IX [foto], que o levou a proclamar o dogma da Imaculada Conceição e a se tornar um grande Papa santo contra-revolucionário.

De fato, numa primeira fase, Pio IX favorecera políticos que hoje seriam qualificados de esquerdistas. Estes fizeram uma revolução e proclamaram a República Romana em 1848, levando o Papa a fugir de Roma.

Nesse exílio, ele perdeu toda ilusão em relação aos “católicos liberais”, precursores dos progressistas que hoje tumultuam a Igreja.

Rezando e contemplando o agitado mar de Gaeta, o Bem-Aventurado Papa decidiu defender como um leão a ortodoxia e incentivar a contra-revolução em seu longuíssimo e glorioso pontificado.

Um comentário:

  1. beato pio Ix foi um grande papa. um modernista k acabour por ser conservador. aki percebemos a obra d deus, ou cm keiram chamar em latim: opus (obra) dei (deus)!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.