sábado, 21 de julho de 2007

Eleitorado conservador dá vitória a candidato em Buenos Aires


Apresentando-se como candidato de direita e conservador, o engenheiro Maurício Macri (foto) foi eleito prefeito de Buenos Aires. Ele superou por larga margem (61% x 39%) o candidato do populista presidente Kirchner. O resultado sinalizou um provável rumo das eleições presidenciais deste ano. O candidato kirchnerista perdeu também na Província de Tierra del Fuego. O singular é que as sondagens dão ao presidente Kirchner níveis de popularidade entre 60 e 70%. As urnas mostraram que essas cifras não correspondem à realidade. A Argentina — aliás, como o Brasil — não tinha um candidato que representasse o sentimento conservador. Macri explorou esse vazio, e o blefe da esquerda ficou evidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.