quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Dioceses com boa doutrina e militância pela vida atraem vocações


As dioceses onde o clero ensina doutrinas ortodoxas e agem firmemente pela vida tem muitas vocações sacerdotais ou religiosas masculinas e femininas, demonstrou David J. Hartline no seu último livro “The Tide Is Turning Toward Catholicism” (“A onda está indo para o catolicismo”). Isto contraria o estereotipo de que a Igreja se extinguiria por falta de vocações. Nas dioceses com clero liberal ou progressista, os seminários estão vazios. Por exemplo, a diocese “ultra-liberal” de Rochester, New York, em 2005 só tinha seis seminaristas, enquanto que a arquidiocese “ortodoxa” de Omaha e a diocese de Lincoln, com a metade do tamanho da de Rochester, tinham 64. Além do mais sacerdotes ordenados estão adotando os ensinamentos tradicionais de dois milênios da Igreja. Eles pedem usar o “old look”, i. é, as formas antigas como batina e barrete.

Um comentário:

  1. é nas tradições que se vé o cristianismo... atravez dos encinamentos de cristo, temos o encinamento das tradidições.

    Olga Teixeira

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.