domingo, 29 de julho de 2007

Natal: coragem católica venceu gigante dos supermercados


O Wal-Mart, maior rede mundial de supermercados, em 2005 sofreu nos EUA boicote nacional liderado por advogados católicos. Fingindo desconhecer o Natal, a rede baniu o tradicional cumprimento cristão Merry Christmas e promoveu as festas de outras religiões. O Wal-Mart reagiu ao boicote com uma esdrúxula declaração de que se baseava em doutrinas sobre uma suposta origem pagã do Natal. No fim, a pressão católica prevaleceu e o Wal-Mart pediu desculpas públicas por sua resposta "imprópria e inflamada". Os católicos americanos estão empenhados na restauração da festa do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo em seu país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.