domingo, 29 de julho de 2007

Iranianos desafiam ditadura dos aiatolás


No Irã, policiais especiais controlam nas ruas o modo de a população se vestir. Aplicaram-se mais de 10.000 multas. 3.000 lojas foram inspecionadas, e 290 punidas. Entretanto, dissemina-se a desobediência cultural aos aiatolás. Nos lares, as leis referentes aos trajes são burladas. A censura da mídia é transgredida por TVs via satélite, e por mais de 100.000 sites na Internet, elaborados por iranianos exilados. A ira fundamentalista revida com sabotagens e ameaças pessoais. A oposição assumiu posições ousadas. Em vários campus universitários de Teerã, estudantes manifestaram-se bradando “Não queremos energia nuclear” e “Esqueça a Palestina, pense em nós”. Tais protestos constituem aberto desafio ao presidente Ahmadinejad. Nem a ditadura cultural muçulmana é aceitável, nem as modas indecentes do Ocidente. Só a moral cristã tradicional apresenta solução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.