sábado, 28 de julho de 2007

Criacionismo em escolas deixa evolucionistas temerosos


O criacionismo pode ser ensinado livremente em aulas de religião nas escolas públicas dos 92 municípios fluminenses. Até há pouco, o evolucionismo — teoria materialista nunca demonstrada cientificamente — era a única doutrina sobre a origem do homem ensinada nas escolas oficiais do Estado do Rio de Janeiro. Entretanto, amiúde ela continuará sendo exposta nas aulas de biologia.

André Porto, do Movimento Inter-Religioso, ligado ao Instituto Superior dos Estudos da Religião (Iser), parece ter ficado muito inseguro com o fato de o criacionismo ter obtido um lugar ao sol nas escolas. Segundo ele, não proibir o criacionismo na escola pública é um “retrocesso”. “O que está acontecendo no Rio e na Bahia — onde existe lei análoga — é abominável. Estamos voltando 200 anos no tempo. […] Isso que está sendo feito é medieval, maquiavélico”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.