quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

O Natal no país dos Reis Magos


Os católicos no Irã passaram mais um Natal sob um estatuto legal iníquo e persecutório. Os que nasceram católicos puderam festejar a portas fechadas em casas ou clubes, e ir nas igrejas que tem um estatuto precário [foto]. A polícia vigiava as portas dos templos para impedir que os “ilegais” i. é, os que renegaram o islamismo e os filhos de casais mistos, pudessem entrar, informou “AsiaNews”. O presidente Ahmadinejad ameaçou: “acabarei com o Cristianismo neste país”. Oficialmente há 340.000 cristãos no Irã.

Entretanto, o país (antiga Pérsia) é a terra dos Reis Magos, i. é, os primeiros chefes de Estado que adoraram o Menino Jesus, maravilhosamente conduzidos por uma estrela até a gruta de Belém.

O evolucionismo não se pode confirmar, diz Prêmio Nobel


Do ponto de vista das ciências naturais, “tal vez nunca pueda confirmarse cómo fue el origen de la vida”, afirmou Thomas Cech [foto], prêmio Nobel de Química 1989, em entrevista para o diário portenho “La Nación”. O prof. Cech e sua equipe identificaram a molécula de ácido ribonucleico, ARN, como sendo a primeira molécula viva que pode ter tido a capacidade de se reproducir. Cech, presidente do mundialmente famoso Instituto Médico Howard Hughes, observou ser impossível que exista qualquer registro fóssil que comprove alguma forma de evolução desde a hipotética primeira molécula viva até o homem. Por isso concluiu que “nunca poderemos confirmar” dita evolução.

Achados últimos restos da venerada família imperial russa


Em Iekaterinburg, Rússia, foram achados os restos dos filhos do czar que faltavam localizar. Eles são do filho do czar, Alexei, 13, e de uma filha cuja identidade ainda não está esclarecida. Os assassinos comunistas após chacinarem a augusta família imperial russa, jogaram os corpos em covas, os queimaram com gasolina e jogaram ácido para nunca mais serem identificados. O sádico massacre ideológico de Nicolau II Romanov, último imperador de todas as Rússias, e de sua família [foto], indefesos numa casa burguesa usada como prisão, numa noite de julho de 1918, até hoje causa consternação e censura. A imagem da família imperial nobre e digna [foto] perdura ao longo das gerações aureolada de admiração, respeito e comiseração.

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

87% dos brasileiros reprova totalmente o aborto, mas abortistas fingem não perceber

Só 3% dos brasileiros acha o aborto "moralmente aceitável" e 87% o reprova totalmente. Os resultados foram colhidos pela Datafolha. A Datafolha, é propriedade da Folha de São Paulo jornal visto pela agência Católica Internacional como "o mais abortista do país". A fonte é portanto insuspeita.
Leia a integra.

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Marcas ligadas à nobreza e monarquia são as preferidas dos paulistas


Nas melhores listas de casamento em São Paulo prefere-se as marcas ligadas às cortes européias. Em matéria de prataria, a mais em vista é a francesa Christofle (foto), que desde 1830 fornece os melhores castelos europeus. Em matéria de cristais, sobressai a Baccarat, que desde 1764 fabrica na França “o cristal da realeza”. Também são muito procurados os cristais tchecos da Moser, casa “preferida da rainha Vitória” no auge do poder imperial inglês. Essas coroas, cortes e a requintada vida de castelo — salvo prestigiosas exceções — desapareceram no século XX. Entretanto, o modelo de vida que elas praticaram, profundamente embebido de tradições católicas, impressiona até nossos dias.

Universitários americanos repudiam Ahmadinejad


O presidente iraniano Mahmud Ahmadinejad foi falar na famosa Universidade Columbia de Nova York, a convite do reitor Lee Bollinger. Nos tempos da guerra do Vietnã ele teria sido recebido por agitadores pacifistas e anti-americanos e teria saído coberto de prestígio pela mídia. Ocorreu, porém, o contrário. Os estudantes foram em massa a protestar contra ele, hipotecando solidariedade com os soldados que lutam no Iraque. Até o reitor que o tinha convidado virou casaca e o tratou de “ditador cruel e mesquinho”.

Ahmadinejad não arredou e repetiu os desaforos que vêm tensionando o mundo. A multidão dos alunos patriotas mostrou que na juventude americana o ambiente não está para muitas concessões políticas ou bélicas.

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

“O público quer mesmo é ler sobre a família imperial”


Chegada de João VI ao Rio de Janeiro

2008 ainda não começou. Mas já está desencadeado o que um jornal paulista chamou de “tsunami” de livros a respeito do 2º centenário da mudança da Corte portuguesa para o Brasil. O acontecimento foi transcendental para a formação do País a posterior criação do Império e a consolidação da unidade nacional.

Por quê tanto livro sobre esse acontecimento de que a mídia e a literatura oficial até há pouco quase não falavam ou mencionavam secamente?

A pesquisadora Mary Del Priore, professora titular aposentada da USP e autora de um dos novos livros sobre o bicentenário, explicou: “penso que os brasileiros são apaixonados pelo assunto e enquanto a maioria dos historiadores pesquisa sobre assuntos eco-nômicos ou políticos, o público quer mesmo é ler sobre a família imperial”.

De fato é só ver o que a TV e os jornais espalham para ter vontade de ir correndo a devorar livros sobre a família imperial. Ai há certeza de achar coisas hoje raras: dignidade, compostura, nobreza, bom senso e brasileridade.

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Universitária católica salva vidas dissuadindo mulheres que vão a abortar

“Sidewalk counselor” (literalmente conselheiro que caminha ao lado) é o que define o apostolado de Cassidy Bugos, estudante universitária católica. Ela fica do lado de fora da clínica de abortos da Planned Parenthood em Washington e quando se aproxima uma mulher para abortar, ela se põe do lado, caminha junto com ela e a esclarece da verdadeira dimensão do ato horroroso que vai cometer. Cassidy é mais uma de outras voluntárias pela vida que fazem isso.

Cassidy teve que se vencer a si própria para criar coragem. Mais acabou conseguindo. O que dizer em poucos segundos? Cassidy descobriu. Os companheiros da infeliz mulher tentam dissuadí-la? Cassidy não se importa. Cassidy viu no olhar de todas as mulheres — ricas ou pobres, moças ou maduras — um profundo mal-estar, e seu coração se rachou de dor cada vez.

Ela presenciou “viradas” que pagaram todos seus esforços. Uma vez, uma mulher de nome Anne-Marie caiu em lágrimas dizendo: “Não posso faze-lo, não posso faze-lo, eu sou uma católica”. E salvou a vida do filho. Cassidy publicou suas experiências no jornal estudantil The Rambler. Elas foram reproduzidas no site Lifesitenews.

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Embaixada brasileira promove entronização de Nossa Senhora Aparecida em Praga


O embaixador brasileiro na República Checa, Afonso de Alencastro Massot, está há quatro anos em Praga. Ele notou que a quase totalidade dos milhares de brasileiros que vão a essa capital visitam a Igreja de Nossa Senhora Vitoriosa, onde é cultuada a famosa imagem do Menino Jesus de Praga.
O embaixador julgou, então, ser boa idéia entronizar, na nave principal daquela igreja, uma imagem de Nossa Senhora da Aparecida.

A entronização de Nossa Senhora Aparecida acontecerá o 17 de setembro, em cerimônia com música barroca do brasileiro Padre José Maurício Nunes Garcia. Numerosas personalidades anunciaram o seu comparecimento.

O gesto do embaixador revela altura de vistas e está de acordo com a sã laicidade do Estado. Ele afinal representa o Brasil que é o país com maior população católica do mundo.

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Família é a maior fonte de felicidade para jovens americanos


Para três quartos dos jovens americanos, as relações familiares são a maior fonte de felicidade e passar o tempo com a família é a maior diversão. Em segundo lugar ficou passar o tempo com os amigos. Os dados são de uma pesquisa entre 1.280 jovenes de entre 13 e 24 anos feita pela Associated Press e a MTV.

“Meus pais sãos meus fundamentos” explicou Kristiana St. John, 17, estudante de Queens, New York. “Minha mãe me disse que ainda que eu fizer uma besteira, ela vai me amar sempre sem se importar com nada. Só saber isso me faz sentir muito feliz e protegida.”

Apenas 1% disse que o dinheiro o fazia feliz. No máximo ter as chaves do carro. Porém, o indicador de filhos felizes, mais do que a riqueza, é que os pais sejam altamente educados.
Perto da metade acha muito importantes a religião e a espiritualidade. Além da religião, pertenecer a um grupo religioso organizado é outra razão de felicidade. A maioria esmagadora dos jovens opina que o casamento os fará felizes. 92% pretende se casar algum dia e ter filhos.

A imprensa não achava que essa seria a resposta. Ela supunha que em primeiro lugar figuraria o sexo, as drogas ou o rock ’n’ roll. As perguntas pareciam feitas por alguém da geração dos pais, marcados pela contestação, o libertinismo e o transato hippismo.

E quem é o maior herói para os jovens? Cantores de rock, esportistas, artistas, “famosos”, políticos no vento, etc? Nenhum deles, mas simplesmente: “mãe” e em segundo lugar “meus pais”.

quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Universidades francesas restauram pompa de formatura


Frustrados pela falta de solenidade que impera nas universidades francesas após a revolução de Maio de 68, os alunos reivindicaram o retorno da pompa acadêmica na formatura. Professores em toga negra, estudantes usando faixa bordada com o brasão da universidade [foto], medalhas e diplomas, discursos e cocktail voltaram e são aceitos com entusiasmo. “Trata-se de valorizar os estudantes, de quebrar o anonimato das faculdades, de recompensar o esforço”, explicou Sylvie Sarzana, porta-voz da Universidade Paris-VI Pierre-et-Marie-Curie. “Os estudantes estão felizes”, garante Michel Lussault, presidente da Universidade de Tours e porta-voz da Conferência dos Presidentes de Universidade da França.

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Laptops saem das aulas e alunos melhoram


A escola superior de Liverpool (Nova York) baniu os laptops das aulas (foto). Eles não favoreciam os alunos, mas serviam para que fugissem das tarefas, para trocar "dicas" nos exames, ver pornografia e atacar eletronicamente as empresas locais. Outras escolas tomaram a mesma decisão. “Após sete anos, não há, ao pé da letra, nenhuma indicação de que eles tenham um impacto positivo na melhora dos alunos”, disse Mark Lawson, presidente do conselho escolar de Liverpool. Mais de 30 pais de família apoiaram a decisão. Tais desastres escolares ocorrem porque a tecnologia é promovida por filantropos e políticos sem conexão com a realidade, registrou o “The New York Times”.

sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Miraculosa imagem de Nosso Senhor Crucificado sai ilesa de terremoto no Peru

O Santuário devastado em foto aérea





O teto afundou, a torre do sino e a torre central desabaram, a cúpula rachou, as imagens caíram no santuário de Ica, no epicentro do terremoto que assolou o Peru e ceifou centenas de vidas.

Mas a miraculosa imagem do “Senhor de Luren”, ficou intacta no seu lugar, em meio às ruínas no coração do drama encorajando a todos.

O povo não hesitou em reconhecer o fato como milagre.

A imagem representa Nosso Senhor Jesus Cristo crucificado. Ela é venerada desde o século XVI.

O santuário ele próprio sofreu ao longo da história sucessivas destruições e reconstruções por causa de incêndios ou tremores de terra.

Em todos os casos a miraculosa e artística imagem do Crucificado permaneceu incólume.

Símbolo do triunfo imorredouro da Cruz vencendo todos os acontecimentos da história, até os que parecem mais catastróficos.

O Senhor de Luren

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Dioceses com boa doutrina e militância pela vida atraem vocações


As dioceses onde o clero ensina doutrinas ortodoxas e agem firmemente pela vida tem muitas vocações sacerdotais ou religiosas masculinas e femininas, demonstrou David J. Hartline no seu último livro “The Tide Is Turning Toward Catholicism” (“A onda está indo para o catolicismo”). Isto contraria o estereotipo de que a Igreja se extinguiria por falta de vocações. Nas dioceses com clero liberal ou progressista, os seminários estão vazios. Por exemplo, a diocese “ultra-liberal” de Rochester, New York, em 2005 só tinha seis seminaristas, enquanto que a arquidiocese “ortodoxa” de Omaha e a diocese de Lincoln, com a metade do tamanho da de Rochester, tinham 64. Além do mais sacerdotes ordenados estão adotando os ensinamentos tradicionais de dois milênios da Igreja. Eles pedem usar o “old look”, i. é, as formas antigas como batina e barrete.

Museu da Criação atinge recorde de visitas


O Museu da Criação, perto de Cincinnati, dois meses após aberto já tinha recebido mais de 100.000 visitas. Embora pesem nele os erros primários e o mau gosto protestante, o sucesso de visitas mostra a popularidade do criacionismo no país, e o descrédito em que vem caindo o evolucionismo. O Museu ilustra o relato bíblico da Criação e fatos do Antigo e Novo Testamento com high-tech, teatros com efeitos especiais, dinossauros animados e vídeos educacionais. Tendo sido superadas todas as expectativas de público, a meta de 250.000 visitas no primeiro ano parece que será superada.

domingo, 12 de agosto de 2007

Educação escolar em casa progride no mundo

Mais de um milhão de crianças nos EUA recebem dos seus próprios pais formação escolar em casa com excelentes resultados: é o homeschooling. Os pais temem que os filhos se corrompam nas escolas públicas ou até nas privadas e/ou católicas. O homeschooling progride também no Canadá, Austrália, Inglaterra, Irlanda, México, Filipinas, Japão, República Checa, Alemanha, Colômbia e Índia. Três líderes do homeschooling católico visitaram o Vaticano onde receberam encômios de cardeais e bispos. Mons. Karl Josef Romer, do Pontifício Conselho pela Família, disse: “eu admiro verdadeiramente os pais que assumem esta grave tarefa (...) são o mais perfeito modelo de maestros”, informou LifeSiteNews.

segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Homeschooler vence concurso escolar nacional nos EUA


Evan M. O'Dorney (foto), de 13 anos, ganhou o dificílimo concurso anual Scripps National Spelling Bee. Nele, os alunos devem soletrar sem erro as palavras ditas por um locutor. O prêmio inclui 37.000 dólares à vista e 5.000 dólares em bônus escolares, entre outros benefícios. A novidade é que Evan é um homeschooler: estudou em casa sob orientação da mãe, segundo informou o “Los Angeles Times”. A lei nos EUA permite o homeschooling. Este sistema escolar tem mais de um milhão de alunos, com altos índices de sucesso. Os pais preferem ensinar seus filhos em casa, individualmente ou em grupos, em vez de expô-los aos riscos da droga, violência, promiscuidade sexual, e também do baixíssimo aprendizado de escolas públicas ou até privadas.

Gobelins: instituição aristocratizante festeja 400 anos


A célebre Manufacture des Gobelins de Paris festeja 400 anos, produzindo tapeçarias admiráveis. Neste aniversário, ela expõe excepcionalmente algumas das suas mais belas peças tecidas com fios de ouro e prata. A Manufacture des Gobelins nasceu sob o rei Henrique IV, no século XVI. Em 1937 ela uniu-se ao Ostel du Roy, que desde o século XIII fazia móveis para os servidores do rei. Hoje a instituição fornece as mais requintadas peças de decoração para os grandes órgãos públicos. A existência de instituições de espírito aristocratizante, como a Manufacture des Gobelins, é um saudável vestígio da França monárquico-aristocrática de séculos atrás, ainda vivo na atual França igualitária nascida da Revolução Francesa.

domingo, 5 de agosto de 2007

Laborismo inglês perde um membro cada 20 minutos

O Partido Laborista inglês perde um membro cada 20 minutos e neste ritmo não terá mais ninguém dentro de 7 anos segundo o deputado laborista Jon Cruddas. Desde 2000, o partido perdeu mais de 160,000 membros. A asfixiante chatice do laicismo, socialista ou democrático, espanta até seus aderentes. Ao mesmo tempo, uma redoma de prestígio e veneração envolve a monarquia britânica, a mais velha instituição política do país. Essa aura de sacralidade vem da Idade Média quando o país era oficialmente católico.

domingo, 29 de julho de 2007

Cardeal recomenda escravidão a Nossa Senhora, segundo São Luís Grignion

Nesta mesa São Luís Maria Grignion de Montfort  escreveu o Tratado e a consagração a Nossa Senhora.  Saint-Laurent-sur-Sèvre, França; santuário do Santo.
Nesta mesa São Luís Maria Grignion de Montfort
escreveu o Tratado e a consagração a Nossa Senhora.
Saint-Laurent-sur-Sèvre, França; santuário do Santo.
O Tratado da verdadeira devoção a Nossa Senhora, em que São Luís Maria Grignion de Montfort, admirável missionário francês do século XVIII, ensina a escravidão voluntária à Santíssima Virgem, foi calorosamente recomendado aos sacerdotes pelo Cardeal Ivan Dias, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, em Dublin, Irlanda.

O purpurado mostrou que a "escravidão de amor" não degrada, mas enobrece.

Referindo-se à Medalha Milagrosa, acrescentou que Nossa Senhora "espezinhou o demônio não somente porque é a Mãe de Deus, mas por causa da sua humildade, que é o golpe com o qual calcou aos pés o obstinado orgulho de Lúcifer".

Essa "escravidão de amor" torna o escravo de Nossa Senhora um instrumento que desconcerta o inferno e o esmaga pelo poder da Virgem.



Mártires do comunismo na Coréia rumo aos altares


A agência vaticana “AsiaNews” noticiou o próximo início do processo de beatificação de 36 monges beneditinos martirizados em cárceres e campos de trabalho forçado do regime comunista na Coréia do Norte. Eles preferiram morrer a renunciar à fé católica, entre 1949 e 1952. No cativeiro, eles administravam os sacramentos, pregavam e mantinham alta a esperança dos demais prisioneiros. O grupo de mártires foi liderado pelo Bispo-Abade Bonifácio Sauer e pelo Pe. Benedito Kim. Até o presente, a perseguição comunista norte-coreana vitimou por volta de 300 mil cristãos. O comunismo julga que ganha, massacrando os católicos. Entretanto, os mártires triunfam no Céu, de onde intercedem ativamente para o triunfo da Igreja e da Civilização Cristã.

Príncipe Harry não teme ir combater no Iraque

O príncipe real inglês Harry não irá combater no Iraque, por decisão do Estado-Maior do Exército. O general Richard Dannat alegou que seria perigoso demais. Quem não tinha medo do perigo era o príncipe, que ficou “extremamente desapontado por não poder ir lutar no Iraque” ao lado de seus soldados. Os nobres, desde sempre, pagam um “imposto de sangue” arriscando a vida nas primeiras fileiras do combate. Numerosos príncipes reais, ou de grandes linhagens nobres, deram a vida nos campos de batalha por seus países. Por isso suas memórias são cultuadas com veneração até hoje.

Sede de catolicidade cresce na China

Impressionante número de chineses receberam o batismo na noite de Páscoa, notadamente nas regiões onde os católicos sofrem perseguição e prisões. Segundo a agência vaticana Asianews, a onda de conversões é tal que ficou difícil encontrar padrinhos para os catecúmenos em quase todas as grandes cidades. Os novos católicos são em geral professores e estudantes universitários ou altos funcionários. Eles se sentem frustrados devido à vida materialista imposta pelo regime marxista. Só o Catolicismo os satisfaz. A polícia radicalizou as devassas e violências contra a Igreja do silêncio chinesa — a igreja fiel a Roma. 17 bispos estão desaparecidos ou detidos em regime de isolamento.

Iraquiano convertido exorta católicos contra o Islã

O iraquiano Daniel Ali abandonou o islamismo e tornou-se católico em 1998. Recentemente, numa palestra proferida na Virginia (EUA) diante de 400 pessoas, exortou os cristãos a lutar na primeira fileira, quando a Fé é atacada, e nunca esconder as verdades. Os maometanos, acrescentou, “não gostam de pessoas debilóides e respeitam mais quem defende suas convicções”. Em sua época, os cruzados compreenderam bem isso. Hoje o maior perigo para os cristãos reside não tanto na prepotência muçulmana, mas na moleza e decadência moral dos ocidentais.

Exemplo anticomunista de religiosas polonesas


Segundo a Madre Jolanta Olech, presidente da Conferência de Superioras polonesas, os arquivos da polícia secreta comunista não relacionam mais que 30 religiosas polonesas. Os agentes marxistas queriam saber tudo sobre as religiosas, inclusive sua atitude face ao Concílio Vaticano II. Para isso, pressionaram superioras, catequistas e religiosas de clausura. Eles até tentaram forçar freiras a acusar sacerdotes por assédio sexual. Com o auxílio da graça, muitas religiosas opuseram-se a tal pressão. Seu exemplo contrasta com a atitude de bispos e sacerdotes que colaboraram com a máquina repressiva soviética, visando um acordo – aliás impossível – entre a Igreja e o Estado comunista.

Vitórias conservadoras, pouco divulgadas pela mídia brasileira

A conservadora Coalizão Nacional surpreendeu as esquerdas finlandesas: obteve o segundo lugar nas eleições gerais e deve ascender ao governo. Os social-democratas foram relegados à oposição, fato inédito em 20 anos. Análogo resultado obteve a conservadora Ação Democrática de Quebec (ADC), no Canadá, que se tornou a principal força de oposição ao governo liberal daquela província do país. O avanço conservador enterrou o projeto de tornar a Província de Quebec independente mediante referendo. No Brasil, a mídia deu incompleta cobertura a esses resultados. Se as esquerdas tivessem vencido, os órgãos de imprensa ter-lhes-iam dedicado rumorosas manchetes.

Conservadorismo é mais forte entre os jovens paulistanos

Jovens paulistanos destacam-se como os mais conservadores do Brasil, sendo os que menos apóiam o “casamento homossexual”, a liberalização das drogas e do aborto. Em matéria econômica, 82% deles preferem os investimentos mais conservadores (poupança e previdência privada). Os dados são de uma enquête encomendada pela associação Ação Jovem do Mercado de Capitais, apoiada pela Bolsa de Valores de São Paulo e pela BM&F, realizada na capital paulista, no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte, Porto Alegre e Salvador.

Agronegócio salva a economia argentina-


O agronegócio também está salvando a economia argentina. E isto ocorre contrariando a hostilidade do governo populista do presidente Kirchner, constituída por normas e impostos abusivos e até confiscos parciais da colheita (retenciones). A Argentina não sofreu até agora a ação deletéria de uma Reforma Agrária socialista e confiscatória. Sua produção de grãos per capita atinge 2,5 toneladas, enquanto no Brasil ela não chega a 0,7 toneladas, ou seja, quase quatro vezes menor. Quanto o Brasil deixou de produzir por causa da Reforma Agrária? A comparação com a produção de grãos na Argentina parece ser indício significativo para se esclarecer a questão.

Na Espanha: comemoração pelo início da expulsão dos últimos mouros


Na cidade espanhola de Alhama, a igreja de Nossa Senhora da Encarnação (foto), primeiro templo católico a ser consagrado no Reino de Granada, comemorou 525 anos daquele marcante evento, em meio a grande regozijo popular. Dita consagração desencadeou, em 1482, a chamada Guerra de Granada, concluída felizmente com a expulsão dos últimos mouros da Espanha pelos Reis Católicos. O mencionado ato histórico ocorreu por ordem da rainha Isabel, a Católica, cujo processo de beatificação está em andamento. A rainha conduziu essa Guerra até a vitória final, junto com seu esposo, o rei Fernando de Aragão.

Soldados no Iraque pedem mais terços

Os voluntários que fazem terços do tipo Ranger [foto] para os militares americanos no Iraque não dão conta dos pedidos dos capelães na frente de combate, informou "The Catholic Review". Alunas e voluntários da escola católica Santa Maria de Maryland (EUA) já fizeram 70.000 desses terços. Eles são os preferidos, porque adaptam-se bem à dura vida dos combatentes. Também chegam pedidos do Afeganistão e dos navios de guerra. O terço sempre é uma das armas mais poderosas contra hereges e infiéis, quando rezado por almas fiéis e confiantes.

Noviças querem véu e hábito tradicional

Nos EUA as vocações religiosas femininas crescem, a ponto de alguns conventos serem ampliados para acolhê-las. As noviças exigem o véu e os hábitos tradicionais, que a revolução progressista pôs em desuso, segundo noticiou a revista “Time”. “Muitas de minhas irmãs mais velhas nunca usariam o véu, mas agora a tendência das mais jovens é usá-lo”, explicou a religiosa Sarah Roy, de 29 anos. A vida religiosa contradiz a cultura moderna, mas isso atrai as vocações, dizem analistas. “Castidade, obediência e pobreza soam como afirmação radical desejável”, observou o Irmão Paul Bednarczyk, diretor da Conferência Nacional das Vocações Religiosas (vide a seção “Discernindo” desta edição ).

Na Romênia, condenação oficial do comunismo

Traian Basescu

O presidente da Romênia, Traian Basescu, condenou oficialmente o socialismo soviético que oprimiu seu país durante quase meio século. É o primeiro chefe de Estado a fazê-lo. Antes tarde do que nunca: em muitos países ex-comunistas nada foi feito, os membros impunes dos PCs se rearticularam e estão no poder sob máscara populista ou de um socialismo mitigado. Basescu afirmou: “O regime exterminou centenas de milhares de pessoas, [...] tratou toda uma população como um grupo de cobaias numa experiência de laboratório”. O socialismo soviético na Romênia mostrou toda sua face: igualitária, sadicamente criminosa e anticatólica.

Assentado foge, abre fazenda e fica rico

Aquilino Sirtoli deplorou ter caído, 25 anos atrás, no conto da Reforma Agrária e entrado num acampamento dito “modelo” dos sem-terra. Sirtoli abandonou essa enganação, apesar da pressão exercida pelos bispos da Pastoral da Terra e líderes sem-terra. Aceitou do governo um lote em propriedade, e hoje tem uma fazenda de 1.500 hectares quase toda plantada de soja e avaliada em R$ 12 milhões. Entretanto, é considerado "traidor" pelo MST e pela Comissão Pastoral da Terra. Os que ficaram no assentamento amargam a miséria. Sirtoli não é caso único, e esses exemplos confirmam que o melhor auxílio para os que não têm terra é estimular a propriedade privada e a livre iniciativa, e nunca promover luta de classes.

Wal-Mart volta atrás e manda funcionários desejar Feliz Natal!


Todo ano a festa de Natal é objeto de manobras que visam esvaziá-la ainda mais de seu conteúdo religioso.

Mas no Natal de 2005, nos EUA, grupos de católicos conservadores boicotaram a rede Wal-Mart — gigante mundial dos supermercados — porque esta tinha eliminado toda referência cristã em suas lojas e catálogos e proibido os funcionários de cumprimentar com o tradicional Feliz Natal.

Diante da queda das vendas, Wal-Mart ordenou a seus funcionários não mais acatar a anterior proibição e passar novamente a cumprimentar com Feliz Natal. A cadeia também anunciou que deixará de financiar grupos homossexuais.

A descatolização da vida pública não é uma fatalidade, ela pode e deve ser revertida. Mas é preciso que os católicos se coliguem para defender sua religião na sociedade, com inteligência e coragem.

Católicos quadruplicam na Arábia Saudita

Apesar de sanguinária perseguição, os católicos na Arábia Saudita aumentaram 400% em 30 anos: de 200 mil em 1974, passaram para 800 mil hoje, informou o professor de História e Pensamento da Universidade San Pablo de Madrid, José Luis Orella. A Arábia Saudita proíbe todo símbolo cristão e condena até à pena de morte os cristãos surpreendidos pela polícia religiosa praticando seu culto. No total, na Península Arábica há mais de 3 milhões de cristãos. A Igreja Católica mantém um vigário apostólico em Abu Dabi, onde há seis igrejas, além de quatro em Omã e outra no Bahrein.

Escândalos não abalaram a fé de fiéis americanos

Um estudo conduzido por Mark M. Gray, da Universidade de Georgetown, em Washington, mostrou que o escândalo dos abusos sexuais, praticados por membros do clero agindo segundo a moral nova, não levou os católicos a apostatarem ou abandonarem a prática religiosa. Eles reduziram, isso sim, os donativos para dioceses e paróquias. “Eu sou o bom pastor, conheço as minhas ovelhas, e as minhas ovelhas me conhecem” (Jo 10, 14), ensinou o Divino Mestre. O princípio aplica-se plenamente à Igreja Católica. O clero progressista deve renunciar a seus erros e emendar-se, ou seja, abandonar o progressismo. Somente assim poderá ele recuperar credibilidade e influência junto ao público.

Na Polônia, vice-ministro da Educação condena evolucionismo

Miroslaw Orzechowski, vice-ministro da Educação, declarou que a teoria da evolução de Darwin não passa de uma “mentira”, uma “história de caráter literário que poderia servir de enredo para um filme de ciência-ficção” e uma “concepção vil gerada por um homem velho sem fé”. O eurodeputado Maciej Giertych pediu ao governo polonês que a teoria darwinista fosse excluída dos currículos nacionais, visto que “não há provas que a sustentem”. Essas atitudes refletem a convicção dos católicos poloneses de que o evolucionismo está voltado contra Deus e contra a verdade ensinada pela Religião Católica, informou o diário parisiense “Le Monde”.

Brasil poderia tornar-se o maior fornecedor de combustíveis

Nosso País pode tirar a liderança da Arábia Saudita produzindo combustíveis vegetais, noticiou o “New York Times”. Se isso acontecesse, a ofensiva muçulmana sofreria tremendo golpe e poderia arrefecer muito, pois ela é financiada com dinheiro do petróleo. Há portanto um interesse de índole religiosa, vital para a Civilização Cristã e para o Ocidente, em que o Brasil e as nações sul-americanas desenvolvam a produção de combustíveis vegetais. Entretanto, correntes de esquerda, sempre aliadas dos inimigos do cristianismo, combatem tal projeto, assim como sabotam o agronegócio.

Socialismo sueco sofre derrota histórica


O socialismo sueco obteve o seu pior resultado nas urnas desde 1914 e perdeu o governo do país. A vitoriosa oposição de centro-direita fundamentou sua campanha na promessa de reformar o famigerado estado de bem-estar social, que pelo visto não é aprovado pelos cidadãos da Suécia. A coalizão vitoriosa, entretanto, está dividida entre os que quereriam desmantelá-lo pura e simplesmente e os que querem reduzi-lo, concedendo-lhe uma sobrevida envergonhada.

Júbilo no Japão: nasceu um herdeiro varão


O nascimento de um filho varão do príncipe Akishino e da princesa Kiko, nora do Imperador do Japão, suscitou uma onda de júbilo no país. A notícia era aguardada ansiosamente pela população, onde a família real desfruta de ampla popularidade. O bebê será o terceiro na linha de sucessão ao trono japonês. Quando a vida pública é penetrada de espírito familiar, e sobretudo moldada pela boa influência das famílias mais tradicionais, o perigo de degradação moral da sociedade fica muito reduzido.

Escolas públicas separadas por sexo aumentam nos EUA


Mais de 220 escolas públicas americanas criaram aulas só para meninos ou meninas. Muitas outras caminham para esse sistema, assim como numerosas escolas privadas. Estudos científicos mostram que a educação mista causa danos objetivos para a educação das crianças. Na Woodward Elementary School, na Flórida, onde as classes separadas são opcionais, verificou-se que nos cursos só para meninas 75% delas eram aprovadas, enquanto nas classes mistas apenas 57%. Nas classes de meninos os índices de sucesso foram de 86%, e nas classes mistas 37%. 2.221 estudos sobre a educação mista, analisados pelo Ministério de Educação, confirmam em geral as vantagens das aulas separadas por sexo.

EUA: 15 estados ampliam direito à legítima defesa


No período de um ano, 15 estados americanos aprovaram leis que expandem o direito de legítima defesa, aumentando as possibilidades de resistência armada das vítimas em perigo de morte, noticiou o “The New York Times”. Os cidadãos responsáveis e associações como a National Rifle Association se rejubilaram. Mas os partidários do desarmamento reagiram à nova legislação com sarcasmos e desprezos, deplorando que se permita o direito natural de usar armas de fogo para defender a propriedade privada.

Manuscrito de carrasco reabilita Luís XVI


O leilão, em Londres, do relatório de Charles-Henri Sanson, carrasco do rei da França Luís XVI, causou sensação. Segundo Sanson, face à morte, o martirizado soberano "manteve um sangue-frio e uma fortaleza que nos deixou a todos admirados. Estou muito convencido de que ele tirava essa força dos princípios da religião. Ninguém jamais me pareceu tão compenetrado e persuadido deles". O verdugo descreve o domínio que o rei tinha sobre si mesmo, e como lhe estendeu espontaneamente as mãos para serem amarradas antes de ser guilhotinado. As difamações dos asseclas da Revolução Francesa contra o monarca, hoje lembrado com respeito por inúmeros franceses, ficam assim desacreditadas.

Medalhas de Santa Joana d´Arc para soldados no Iraque


A artista americana Pat Benincasa ficou muito sensibilizada quando ouviu que as tropas dos EUA no Iraque precisavam de mais coletes antibala. Não sabendo o que poderia fazer para proteger os soldados, por fim, concebeu uma medalhinha de Santa Joana d´Arc a fim de ser usada pelos militares. “Na medida em que dependia de mim, Joana está cavalgando de novo”, afirmou. A medalha representa a santa a cavalo, com couraça e estandarte, figurando as seguintes palavras gravadas: "Santa Joana, ficai a meu lado". Escolas compraram pacotes de medalhas para enviá-las às tropas no Iraque. Um capelão militar naquele país foi dos primeiros a encomendar 500. Cá e lá a ofensiva islâmica vai despertando, a contrário senso, certo espírito de cruzada e uma sadia reatividade.

Embaixador de Taiwan é batizado em Roma

Chou Seng Tou, embaixador da República da China (Taiwan) junto a Santa Sé, recebeu o batismo na igreja de Santo Eugênio, Roma. Ele sentia-se frustrado pelo confucionismo e o budismo. O protestantismo não lhe dizia nada. Na Itália, ficou tocado pela paz e a felicidade interior que observou nas religiosas e impressionou-se com a vida dos santos. Quando abriu sua alma a essas realidades, sentiu-se inundando de alegria e entendeu que o Espírito Santo o chamava. Ele pediu ao Vaticano para ser batizado pelo Papa. Porém, recebeu uma recusa, pois o Vaticano segue uma política de distensão com a China comunista — o que tem prejudicado os autênticos católicos chineses —, e quer evitar fricções com ela, dado que o regime de Pequim não reconhece a independência de Taiwan.

Iranianos desafiam ditadura dos aiatolás


No Irã, policiais especiais controlam nas ruas o modo de a população se vestir. Aplicaram-se mais de 10.000 multas. 3.000 lojas foram inspecionadas, e 290 punidas. Entretanto, dissemina-se a desobediência cultural aos aiatolás. Nos lares, as leis referentes aos trajes são burladas. A censura da mídia é transgredida por TVs via satélite, e por mais de 100.000 sites na Internet, elaborados por iranianos exilados. A ira fundamentalista revida com sabotagens e ameaças pessoais. A oposição assumiu posições ousadas. Em vários campus universitários de Teerã, estudantes manifestaram-se bradando “Não queremos energia nuclear” e “Esqueça a Palestina, pense em nós”. Tais protestos constituem aberto desafio ao presidente Ahmadinejad. Nem a ditadura cultural muçulmana é aceitável, nem as modas indecentes do Ocidente. Só a moral cristã tradicional apresenta solução.

Passeata contra ecologia exagerada fez sucesso na Inglaterra


A violência dos ecologistas pelos chamados “direitos dos animais”, ou ecoterrorismo, tem depredado laboratórios e fazendas de aperfeiçoamento de animais. Para isso, usam métodos que vêm sendo copiados no Brasil pela Via Campesina (uma multinacional das invasões) e o MLST. Devido a essa onda, Laurie Pycroft, estudante de Swindon, Inglaterra, organizou uma passeata a favor dos testes científicos com cobaias, nas ruas de Oxford, sede da famosa Universidade, onde os ecoterroristas bloqueavam a instalação de um laboratório novo. “Salve vidas humanas, teste em animais” e “Abaixo as ameaças, abaixo o medo, queremos pesquisas com animais aqui” — diziam os cartazes. O sucesso da marcha comprovou a repulsa da opinião pública inglesa às imposições antinaturais dos verdes.

Monarquia inglesa: "estrela polar" face ao caos moderno


A rainha da Inglaterra, Elisabeth II, completou 80 anos. O "New York Times" – totalmente insuspeito de tendências monarquistas – publicou reportagem com sugestivo título, composto com uma frase dita pela rainha quando muito jovem: "Eu não tenho outra coisa para vos dar senão amor. Nos momentos mais difíceis do longo reinado, a soberana transitou em carruagens abertas e estreitou as mãos de multidões, enquanto os primeiros-ministros britânicos circulavam em helicópteros e carros blindados. "A História [...] galopa como uma desvairada. Ante o turbilhão espumante do tempo, a monarquia é uma estrela polar", reconheceu um colunista francês, ardido opositor de todas as realezas.

Canadá descarta descriminalização do porte de droga

O primeiro-ministro conservador do Canadá, Stephen Harper, arquivou projeto de seu predecessor de centro-esquerda, que visava descriminalizar a posse da maconha. O premiê foi vivamente aplaudido pela Associação Profissional da Polícia do Canadá, segundo a agência Reuters. Se fosse descriminalizada a posse de droga, o combate ao narcotráfico tornar-se-ia impraticável.

Banco do Brasil retirou obra blasfema devido a protestos


No Rio, o Centro Cultural Banco do Brasil, que promovia a exposição de obra pornográfica formada com terços de Nossa Senhora, teve que retirar essa "obra de arte" blasfema. O BB reconheceu ter recebido mais de 700 e-mails com protestos, que incluíam acenos de clientes que pretendiam fechar as contas no banco. A Revolução Cultural anticristã no Brasil só avança quando não encontra oposição. Exemplo significativo disso: bastou uma manifestação popular contra essa exposição blasfema para que tal revolução desse marcha à ré.

Público se distancia do cinema engajado com esquerdas

Cartaz do Oscar 2006: público descolado
"O
s filmes já não lideram mais a cultura como no passado", lamentou o insuspeito diário "New York Times" por ocasião da outorga dos prêmios Oscar de 2006. Na festa, o apresentador John Stewart invectivou Hollywood por estar "fora de compasso" em relação às apetências do público. Atores e atrizes, então, passaram a evitar roupas escandalosas e a usar modelos clássicos, com preferência pelas cores escuras. O filme O segredo da Brokeback Mountain, preferido quase unanimemente pela mídia devido a seu enredo homossexual, não obteve o primeiro prêmio.